sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Eu nem sei mais.

Oi Galera,
Hoje eu já acordei meio triste, sem vida. Eu nem sei o que está me matando. Mas, está me matando, tão lentamente, tão dolorosamente, tão calmamente. Eu não acredito mais em mim. Eu não sei mais quem eu sou. Cada dia mais triste, mais doloroso, mais mortal.

Eu não sei porque eu estou dizendo isso, mas eu sei que escrever me ajuda muito e não tenho outra coisa pra fazer.  Ultimamente eu só sei chorar. Eu já nem sei porque eu choro tanto. eu simplesmente choro. Tudo me magoa demais, tudo dói demais. Amiguinhos, cada dia mais eu me sinto morrer um pouco. Isso é muito doloroso, sentir seu espírito ir aos poucos, ir deixando o seu corpo. Todo mundo um dia vai morrer mas, eu, estou sentindo ela chegar, se arrastando, me enlaçando e me puxando, sinto como se ela precisasse de mim por perto, perto dela, como se ela me amasse demais e estivesse precisando me abraçar e me levar com ela. Às vezes, sinto como se eu precisasse dela, como se ela estar longe fosse muito mal e fosse me fazer sofrer. Eu não sei o motivo mas, preciso dela aqui, por perto e dizer isso dói demais, porque na verdade as pessoas costumam pensar que é besteira de adolescente. Eu não quero morrer mas, me parece tão atrativo, tão fácil, tão simples, tão tranquilo. Sei lá, eu estou pedindo ajuda.

Essa música está me resumindo.

Beijinhos
Liik

Propaganda básica!

Oi Galera,
Liik veio hoje pra fazer uma propaganda básica. Do que? Do blog da minha querida amiga Lyli. Já falei dela aqui no blog, procure pelo post Missão 5 dias para os JoBros e saberão quem é a amiguinha. Bom, por que que a amiguinha está fazendo propaganda do blog da amiga? Porque o blog é divertido, interessante e tem posts sobre coisas diversas.
A especialidade do blog da amiga é crítica. A Lyli tem esse prazer, analisar coisas, pessoas, bandas, grupos, livros e etc.
Eu não tenho muito pra falar, porque não sei colocar essas coisas em palavras. Mas, leiam.

O blog se chama Pouco Sutil, tudo a ver com minha amiga Lyli. E se vc quiser ler, eu recomendo, aqui vai o link.

Espero que gostem e que leiam sempre, acompanhem o blog.

Beijinhos
Liik

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Momento fã

Oi Galera,
O post de hoje é sobre ser fã. Por que resolvi postar sobre isso? Estava no meu facebook e uma página sobre os Jonas Brothers, uma das minhas bandas favoritas, estava postando coisas sobre fãs e posers. Eu não quero falar da diferença entre ser fã de verdade e ser poser. Eu quero falar apenas da sensação e da batalha que é ser fã.
Eu não sou fã apenas dos Jonas, sou fã do Tokio Hotel e de uma banda brasileira chamada Fly, que acabou de começar sua carreira e está fazendo o maior sucesso por aqui.
O fato é que não é fácil ser fã. As pessoas acham que você é louco de amar tanto pessoas que nem mesmo sabem seu nome ou tem qualquer envolvimento com você. Quando seus ídolos fazem um show no qual você não pode ir (já aconteceu comigo), você fica louco de chorar. Tem sempre uma pessoa pra te perguntar aquela famosa "Você gosta disso?" com a maior cara de nojo e isso te deixa mega chateada além de te dar a maior vontade de estrangular o ser humano. Seus pais e amigos não entendem porque você procura coisas sobre seus ídolos o tempo todo e tem sempre um para dizer alguma coisa idiota sobre eles. Parece que quanto mais as pessoas falam mal deles mais você os ama e as coisas vão ficando difíceis. Você chora todo dia porque não tem aquele cd ou aquele dvd, porque não conseguiu bater aquela foto com eles ou simplesmente porque alguém disse alguma coisa sobre eles que te deixou chateada. Quando você sabe alguma coisa sobre seus ídolos, as pessoas dizem que você é fanática e quando não sabe, dizem que é poser, e isso doi mais do que deveria porque você sabe que aquela pessoa só faz isso pra te atingir.
Ser fã é sofrer todo dia e sorrir todo dia por causa da mesma pessoa. Ser fã é amar demais e saber que não importa se eles te amam, você vai amá-los pra sempre.

Beijinhos
Liik